Skip links

Como utilizar o Capitonê na decoração?

O Capotinê é um estilo de origem inglesa que tem como característica marcante os pontos formados por pequenos botões, que formam clássicas e elegantes figuras geométricas no estofado. 

O famoso acolchoado de botões, estilo que marcou os anos 50 e 60 é usado em todo tipo de móvel e peça de decoração até os dias de hoje. 

Por ser acolchoado, o capotinê é uma tendência que assegura o conforto, sem levar em conta se o seu revestimento for de tecido ou sintético. 

Na versão capitonê ou botonê, duas técnicas são consideradas clássicas, o uso dos estilos pode ser encontrado em cabeceiras de cama, pufes, poltronas, encostos de cadeiras e sofás. 

Estilo que nunca saem de moda e combinam com todos os tipos de decoração, até mesmo em um ambiente contemporâneo ou rústico, por esse motivo, o acabamento capitonê vem ganhando cada dia espaço na decoração de ambientes.

Cabeceira de cama

No quarto precisamos produzir um ambiente confortável e aconchegante, pois é onde descansamos nossos corpos e recarregamos nossa energia depois de mais um dia. 

Para ter aquela noite de sono perfeita e uma reposição de sono de qualidade, é essencial incluir em seu quarto itens que proporcionam o sossego que você merece. 

E por que não começar com uma cabeceira? Elas são peças de decoração que criam um efeito sofisticado e que trarão muito mais conforto nas suas noites. 

As cabeceiras são projetadas especificamente para preservar da temperatura ambiente, e além de adicionar mais conforto, também traz estilo e personalidade à decoração de sua cama. 

Existem muitos tipos de cabeceiras no mercado, mas para quem quer investir em uma peça elegante e atemporal, pode apostar nos modelos em capotinê. 

A cabeceira ideal é a que traz um bom apoio para a sua cabeça e costas do momento que você acorda até quando você tira aquele tempinho para sentar-se na cama, assistir televisão ou ler um livro. 

Quarto Infantil 

O capitonê também pode trazer delicadeza e é pedido habitual para a decoração, inclusive de peças para quartos de bebê. 

Existem muitos modelos de berço que recebem o estilo de cabeceira capitonê, decoração clássica, mas que consegue trazer bastante delicadeza ao um quarto infantil. 

Não existe idade ou estilo de decoração certo para incorporar o capitonê na decoração de seu quarto, basta escolher o seu gosto pessoal. 

O estilo capotinê é uma forma assertiva de provocar estilo e trazer mais personalidade à sua decoração. 

Uma bela cabeceira de capotinê ou um elegante pufe irá trazer elegância ao quarto do bebê, mas lembre-se de escolher acessórios, roupas de cama, travesseiros e almofadas que combinem com o estofado de suas peças.

Pufe

O pufe é um móvel que pode tem diversas funções além de ser um assento extra ainda pode funcionar como um apoio ou baú para guardar pequenos objetos.

O pufe também é uma peça de decoração e, se você quer uma escolha sofisticada e que se destaque, a melhor opção é o capitonê. 

Para uma sala moderna o pufe em capitonê pode ser utilizado, inclusive, como uma elegante mesa de centro.

No caso do pufe na função de organização, um pufe baú em capotinê sempre transmite um estilo clássico e sofisticado.

Para quem busca mais sofisticação, pode optar por um pufe de capotinê com um tecido mais nobre como o linho. 

O pufe em capitonê pode ser encontrado em diversas versões no mercado como o pufe redondo, quadrado, baú, e os utilizados como mesa de centro, mas, claro, sem perder o design tradicional e elegante da peça.

Conclusão

Existem diversos tipos de acabamentos estofados para a sua casa, o capitonê, no entanto, é uma opção clássica e que cai bem para diversos estilos de decoração.

Para se diferenciar é possível escolher tecidos mais arrojados como o suede e o linho, (ADICIONAR LINK), cores vibrantes ou neutras e formatos diferentes, assim você coloca mais estilo à sua peça em capitonê.

Para encontrar cabeceiras, pufes e outros itens para a sua decoração confira os produtos da Fattoria Design, uma loja repleta de opções para deixar sua casa cheia de estilo.

Junte-se à discussão